FALSA GERIATRA EMPÁTICA PATRYCIA, 46, INDICIADA POR HOMICÍDIO DE MÁRCIA USA NOME DA VÍTIMA EM NIVER.

4 Views
Published
Patrycia, de 46 anos, não só exerceu a medicina de forma fraudulenta, como também travou uma guerra pessoal contra os familiares da vítima, utilizando o nome da paciente em um comportamento desumano e antiético em postagen em facebook.

Patrycia exemplifica esses traços ao usar o nome de sua paciente falecida em postagens nas redes sociais, demonstrando uma total falta de respeito e consideração pelos sentimentos dos familiares. Essa ação cruel não é apenas uma violação da ética médica, mas também uma demonstração clara de sua incapacidade de sentir empatia e remorso.

A Ética e a Humanidade na Medicina
A prática médica é regida por princípios éticos que visam garantir o bem-estar e a dignidade dos pacientes. Médicos são treinados para agir com empatia, compaixão e respeito, sempre colocando a saúde e os sentimentos dos pacientes e seus familiares em primeiro lugar. Patrycia, ao se passar por médica Geriatra e cardiologista domiciliar, não apenas cometeu um crime de falsidade ideológica, mas também quebrou todos os princípios fundamentais da prática médica.

A utilização do nome de uma paciente em uma disputa pessoal e pública demonstra uma completa falta de ética e humanidade. É uma tentativa desprezível de manipular a situação e infligir mais dor e sofrimento aos que já estão em luto.

Conclusão
Patrycia, uma falsa médica Geriatra e cardiologista de 46 anos, exemplifica a imundice da falta de ética, empatia e humanidade. Sua psicopatia é evidenciada pela forma como ela manipula e ataca os familiares de sua vítima. Este caso serve como um alerta para a sociedade sobre os perigos de indivíduos que se passam por profissionais de saúde e a importância de denunciar e combater essas práticas.

Vamos nos unir em solidariedade aos familiares da vítima e exigir justiça. A ética na medicina é fundamental para garantir que todos os pacientes sejam tratados com dignidade e respeito. Não podemos permitir que casos como este fiquem impunes.
#cuidadodiario #cardiología #geriatria #mãe #niterói #geriatra #gerontología #erromédico #marciasensitiva
Category
Cardiology
Be the first to comment